quarta-feira, 20 de julho de 2011

Simples e genial

Andei pensando sobre quais as qualidades mais desejáveis para qualquer coisa.
As melhores qualidades. O que é o bom mesmo, o melhor bom possível.
O melhor elogio a se dar para algo ou alguém.

Não tenho dúvida:

Simples e genial.

O que é melhor do que simples e genial?
Simples e genial é muito melhor do que complexo e interessante, denso e provocador, rebuscado e instigante.

O que é complexo, denso ou rebuscado não foi trabalhado o suficiente para chegar na síntese simples. E genial.

Ah, e belo, é claro.

Nada é genial e feio.

2 comentários:

Cássia disse...

Vai lá e lê: As Leis da Simplicidade, de John Maeda. :-D

Eduardo Nunes disse...

Achei esse post interessante e provocador

:P